fbpx

Confira 3 mitos sobre segurança cibernética que talvez você não conhecia

Entenda-sobre-esses-mitos-e-proteja-se

Sabemos que a segurança cibernética é um dos principais assuntos e preocupações, quando se trata de gestão de empresas. Isso porque, independente do tamanho do seu negócio, proteger seus dados é crucial para não sofrer prejuízos.

Dia após dia, novas ameaças são criadas, colocando em risco os seus dados. Vírus e novos métodos de invasões surgem o tempo todo, em uma evolução rápida e constante.

Por isso, muitos sabem que sistemas de proteção de dados são fundamentais. Porém, esse investimento pode não ser tão eficaz, se a estratégia não estiver muito bem alinhada com sua empresa.

E o primeiro passo, contudo, é combater os mitos que permeiam a segurança cibernética. Tomar essas informações como verdade, no entanto, pode causar falhas em sua estratégia de segurança, deixando sua rede vulnerável aos ataques.

Nessa matéria, vamos descrever os 3 principais mitos sobre a segurança cibernética que você precisa conhecer. Continue a leitura e confira!

Mito #1 da segurança cibernética: empresas pequenas e médias não são alvos

Antes de mais nada, falemos do primeiro e maior mito da segurança cibernética.
Vamos partir do princípio de que, os dados de uma empresa são seus maiores ativos. E, por menor que sua empresa seja, ainda assim, essa é uma realidade.
Para entender melhor, imagine que, quando é criada uma conta em qualquer rede social, portal ou site, você deve concordar com os Termos de Uso, para que esse local tenha acesso aos seus dados pessoais. Pois, eles são interessantes, e podem ser usados para diversos fins, com o objetivo de obtenção de lucros.
Ou seja, os dados de uma empresa são ainda mais valiosos, por serem capazes de fazer transferências muito lucrativas, quando movimentados.
Portanto, independente do tamanho de sua empresa, as suas informações devem estar seguras, com os devidos cuidados.

Mito #2 da segurança cibernética: senhas fortes são o suficiente

Apesar de serem um ótimo recurso para a segurança cibernética, as senhas fortes ainda não são a proteção ideal para todos os seus dados e informações.

Isso porque, elas devem fazer parte de uma estratégia que visa proteger quais são os dados expostos, e não, como as pessoas conseguem acessá-los.

Na maioria das empresas, por exemplo, é possível perceber que a maior parte dos documentos oficiais e confidenciais são de fácil acesso a todo e qualquer usuário da rede.

Por isso, além de investir em senhas fortes, é crucial capitalizar também em um sistema que faça monitoramento de acessos. Com isso, é possível aumentar a eficácia das senhas fortes.

Mito #3 da segurança cibernética: é só não visitar sites suspeitos, para se manter seguro

Apesar de ser uma boa prática para manter sua rede segura, os ataques não vêm apenas dessas fontes.

Isso porque, como já citamos acima, com a atualização constante dos códigos, os sites tidos como seguros, também podem apresentar perigos.

Entenda, contudo, algumas fontes de vulnerabilidades:

Ameaças internas

Usuários da rede que estejam insatisfeitos, mal-intencionados ou movidos a demais motivações, podem ser a porta de entrada para uma invasão.

Isso porque, eles podem conceder seus acessos a outras pessoas, para uma violação massiva dos dados, ou até mesmo, vender documentos e informações sigilosas, que não estavam devidamente protegidas de seus acessos.

Por isso, é fundamental controlar os acessos de todos os usuários, estejam eles dentro da empresa, ou com acesso remoto.

Uma boa prática, além do controle dos acessos, é implantar na empresa, a cultura da segurança de dados. Para isso, treina-se os funcionários e usuários da rede, sobre ameaças cibernéticas e segurança das informações.

Proteja-sua-empresa-de-forma-correta

Phishing

Phishing é uma prática dos hackers, de usar métodos fraudulentos para fazer com que o usuário forneça seus dados. Parece ser um assunto obsoleto, mas não é.

Muito pelo contrário, ele ganhou ainda mais força após esse período de pandemia da Covid-19.

Com códigos e recursos ainda mais sofisticados, todos podem receber e-mails com assuntos altamente relevantes, fazendo-os clicar e fornecer suas informações.

Por exemplo, informações políticas, econômicas, do mercado financeiro, relações exteriores, vacinação e até mesmo, sobre a cura do vírus pandêmico.

Qualquer usuário pode cair nessa armadilha e, assim, colocar toda a rede em risco.

Segurança da informação como tema exclusivo do setor de TI

Apesar de, esta ser a área da empresa mais interessada pelo assunto, bem como, responsável pelas principais estratégias de segurança, é importante lembrar que essa deve ser uma preocupação de todo o negócio.

Bem como já citamos acima, qualquer usuário de rede, em qualquer função, está exposto aos hackers. Sendo, portanto, uma porta de entrada para o roubo e sequestro das informações.

Por isso, é fundamental que todos estejam envolvidos na causa, orientados por uma política organizacional que preveja a valorização da Segurança Cibernética.

Para ter ainda mais eficiência, portanto, essa cultura deve partir das lideranças de cada setor, até chegar em todos os funcionários.

Não atualizar os softwares de proteção de dados

Segurança cibernética é um assunto complexo, pois deve ter total atenção 24/7. Com a constância da evolução da tecnologia, os vírus e malwares recebem atualizações com frequência.

Assim, tem-se, a cada hora que passa, ameaças ainda mais potentes, contra os sistemas de proteção de dados já existentes.

Por isso, considere a princípio, que nenhum software de antivírus ou antimalware é suficiente para combater invasões em sua rede, de forma isolada.

Isso porque, esses sistemas possuem programação para combater os vírus e malwares já existentes. Assim, com a criação de novos, é necessário que haja outros recursos em sua rede, para evitá-los, até que esses softwares sejam devidamente atualizados.

Ainda assim, é possível entender que uma estratégia de proteção instalada no passado pode não ter total eficiência hoje. É necessário, portanto, manter a constante manutenção e validação de todos os dados.

banner-manual-de-boas-praticas

Conte com especialistas, para manter a sua segurança

Mesmo que você tenha, em sua empresa, um setor de TI, a segurança das informações deve ser realizada de maneira robusta.

Sendo assim, considere contar com especialistas atuando 24/7 em sua rede, em conjunto com um sistema forte, modular e totalmente sob medida para sua empresa.

Para isso, a Strati pode oferecer as melhores soluções em segurança cibernética para sua empresa, como o Strati SSP. Acesse e confira agora mesmo!

Quer saber mais sobre cada uma delas e entender qual é a mais indicada para o seu caso? Peça a análise de um de nossos especialistas agora mesmo.

Gostou do conteúdo? Em nosso blog, você pode se aprofundar ainda mais sobre o tema, suas boas práticas e garantir uma rede ainda mais protegida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *