Escalabilidade com tecnologia: entenda os benefícios da automação de processos

Um dos pontos chave para que a Tecnologia da Informação (TI) seja um fator de desenvolvimento e melhoria na gestão é a escalabilidade. Ou seja, capacidade de um componente de expansão de funcionalidades, meios de utilização e capacidade de armazenamento e processamento, conforme as necessidades do negócio.

Em outras palavras, as empresas não podem e não querem mais ficar reféns de sistemas e equipamentos que não possam ser melhorados conforme suas operações vão se tornando mais complexas. Para isso elas investem em equipamentos, softwares e serviços que lhes permitam tornar mais dinâmicos e simples seus processos.
A escalabilidade pode se dar em sistemas eletrônicos, bancos de dados, roteadores, redes de computadores, e está diretamente ligada a desempenho. Quando o desempenho de um sistema aumenta com o acréscimo de hardware, proporcionalmente à capacidade acrescida, ele é chamado de “sistema escalável”.
A Cloud Computing (computação em nuvem), neste sentido, veio para tornar as soluções e infraestrutura mais escaláveis, pois permite que as empresas possam alterar sua capacidade tecnológica com mais rapidez e com custos menores. Se antes era preciso adquirir equipamentos e softwares investindo muito dinheiro, agora basta uma alteração no contrato de serviço e, sem parar a operação, já é possível tornar o aparato tecnológico mais robusto e eficiente.
Se a empresa está investindo em automação de processos, o que ela busca é crescimento aliado a qualidade do que oferece ao mercado. Assim, é natural que as demandas aumentem e para isso precisem de uma capacidade maior de processamento de dados.
Outro ponto que precisa ser considerado é a elasticidade da infraestrutura. A capacidade de armazenamento e de controle de segurança da informação da sua empresa pode ser aumentada rapidamente se surgir esta demanda?

Escalabilidade do negócio

A rapidez de responder a condições de negócio em rápida alteração requer sistemas e plataformas que ofereçam os mais altos níveis de flexibilidade. Isto significa uma infraestrutura que suporta a rápida implantação de novos produtos e serviços e oferece a opção de aumentar ou diminuir a capacidade computacional quase que instantaneamente. Nenhuma empresa existe se não por um único objetivo: crescer.
Assim, a escalabilidade em TI está diretamente ligada ao desenvolvimento do negócio. Imagine uma empresa que tem suas vendas duplicadas e não consegue dar vasão aos pedidos porque seus softwares são lentos ou não processam de forma adequada todos os itens numa mesma nota fiscal. Esta empresa perderá tempo, deixará seus clientes insatisfeitos e seus colaboradores sobrecarregados.

Crescimento com suporte

Por estes motivos é importante que a empresa tenha um bom fornecedor de tecnologia, que esteja sempre pronto a ajudá-la na melhoria de suas soluções tecnológicas e entenda as particularidades de seu negócio.
Contar com um bom suporte é um grande passo para que a TI se torne uma ferramenta estratégica, deixando de ser meramente operacional e dando apoio ao desenvolvimento organizacional.

Assine nosso canal para receber
conteúdos relevantes para o seu negócio.