fbpx
4 - txt - Conheça 5 desafios de cibersegurança durante o home office e veja como superá-los

Entenda o jeito certo de lidar com os obstáculos no modelo de trabalho remoto

Sem dúvida, a pandemia mudou muitas coisas e acelerou tendências, como o home office, considerado o modelo de trabalho oficial da quarentena. De fato, o uso da nuvem durante o período trouxe muitas vantagens para as empresas e para os colaboradores. Mas, ao mesmo tempo, os riscos aumentaram. Por isso, o momento pede ainda mais atenção com cibersegurança.

Então, se você quer saber como atuar de forma mais segura durante o home office, não pare de ler o texto e aproveite as dicas que passaremos a seguir!

O que é cibersegurança?

Para começar, o termo cibersegurança é usado para os processos, práticas e tecnologias utilizadas para garantir a segurança digital contra práticas ilegais, que causam danos e prejuízos aos computadores e empresas de variados segmentos.

Ou seja, a cibersegurança protege dispositivos, redes e sistemas contra ameaças e crimes virtuais.

Infelizmente, hoje todas as empresas estão sujeitas aos ataques. Aliás, é comum que eles sejam feitos por vários motivos, como extorsão de dinheiro e roubo de informações importantes para o negócio.

Então, se a empresa não estiver pronta para encarar os problemas, pode ser gravemente comprometida, com a interrupção do trabalho da equipe, vazamento de dados confidenciais, perda de credibilidade, danos em sua imagem e até prejuízos financeiros.

De acordo com um estudo recente da empresa de segurança cibernética Fortinet, apenas no ano passado, o Brasil sofreu mais de 8,4 bilhões de tentativas e ameaças de ataques virtuais.

Segundo a pesquisa, o número representa mais de 20% dos casos registrados na América Latina.

Os principais ataques

Sem dúvida, existem ações que podem ajudar a reduzir os riscos de ataques no home office.

Mas, antes, vamos mostrar quais são as maiores ameaças para sua cibersegurança. Veja a seguir:

Malware

Sem dúvida, é o tipo de ataque mais comum. Ele pode ser propagado por meio de programas ilegais, arquivos maliciosos e e-mails falsos.

Trata-se de um software criado para prejudicar o computador, executar comandos não solicitados, obter acessos não autorizados e até monitorar o usuário.

Assim, o malware pode infectar diferentes dispositivos, além de assumir formas variadas, como, por exemplo, de vírus e cavalos de troia.

Ransomware

Outro problema muito conhecido, é o ransomware, um tipo de ataque que bloqueia o acesso ao sistema, sequestrando os dados e devolvendo apenas depois do pagamento de um resgate em criptomoedas.

De acordo com especialistas, existem várias portas de entrada para o ransomware infectar o computador, como: por meio de spam e propagandas maliciosas, além de e-mails com armadilhas em anexo.

Aliás, temos um texto que fala sobre o assunto. Clique aqui para ler e tirar todas as suas dúvidas!

Phishing

Por fim, entre os crimes virtuais mais comuns está o phishing. Na verdade, ele é a forma mais recorrente de roubo de dados.

Neste caso, a missão é fisgar dados secretos dos usuários, por meio de informações que não são reais.

Ou seja, o contato com as vítimas acontece através de e-mail, telefone ou mensagem de texto. O cibercriminoso cria uma narrativa para atrair a pessoa e fazer com que ela forneça informações sigilosas, como senhas e dados bancários.

Com isso, o usuário pode ter seus cartões violados, sofrer crimes de falsa identidade ou perder dinheiro por transações financeiras ilegais.

5 desafios no home office

Sem dúvida, existem muitos desafios no trabalho remoto. Mas, listamos 5 dos principais, para você saber como evitar os problemas de segurança de dados. São eles:

1 – Máquinas inadequadas e expostas às ameaças

2 – Conexões inseguras

3 – Senhas fracas

4 – Programas sem atualização

5 – Ausência de boas práticas de TI

Para te ajudar a trabalhar com mais tranquilidade, vamos mostrar como vencer os obstáculos, através de medidas essenciais durante o home office. Confira:

4 - Meio - Conheça 5 desafios de cibersegurança durante o home office e veja como superá-los

Política de segurança

Antes de mais nada, crie uma política de cibersegurança. Garanta que as regras sejam sempre seguidas, para que todos tenham acesso seguro.

Para isso, faça uma análise de vulnerabilidade. Identifique como os profissionais estão trabalhando em suas casas, se usam máquinas próprias e como os dados são tratados e guardados.

Do mesmo modo, separe a rede de trabalho daquela usada por outros dispositivos domésticos que se conectam à internet.

Aliás, adotar uma VPN para criar uma conexão segura e criptografar a navegação, é uma excelente medida para manter os ativos protegidos.

Por fim, crie senhas fortes e complexas e mude de três em três meses. Além disso, ative a verificação por dois fatores em todas as atividades. Assim, você mantém as informações ainda mais protegidas de acessos não autorizados.

Cuidados com os ativos

Além de criar uma boa política de segurança, outras ações podem fazer uma grande diferença no dia a dia.

Como, por exemplo, a realização do backup, que garante que os dados fiquem seguros e sejam recuperados com agilidade, caso seja necessário.

Por isso, faça backups constantes, instale antivírus e atualize os  seus sistemas. Pois, a desatualização, também, pode facilitar a entrada de muitos perigos.

Conscientização da equipe

Para terminar, não esqueça que muitos riscos chegam por meio de falhas ou descuidos humanos.

Então, se quer manter a cibersegurança no home office, treine os profissionais da sua empresa. Explique os perigos presentes na rede e mostre o jeito certo de acessar os dispositivos e de evitar ameaças.

SOLUÇÕES IDEAIS PARA O TRABALHO REMOTO DA SUA EQUIPE 

Não poderíamos terminar o texto, sem mostrar soluções que podem melhorar o trabalho remoto da sua empresa.

Por isso, separamos algumas ofertas inclusas em nossos combos modulares Strati Guardian, em parceria com a Sophos.

Confira:

Cyber Scan Strati

Trata-se de um projeto avançado de análise de vulnerabilidade, incluindo serviço de Ethical Hacking para um ciberataque coordenado e identificação de problemas.

Intercept XDR

O Sophos XDR vai além do endpoint e do servidor, puxando firewall, e-mail e outras fontes de dados. Com a solução, você obtém uma visão holística da postura de segurança cibernética de sua organização, com a capacidade de se aprofundar em detalhes granulares quando necessário.

OPTIX

O Sophos Cloud Optix é uma plataforma de conformidade e segurança alimentada por IA para ambientes de nuvem pública.

O software fornece um inventário em tempo real de seus servidores, armazenamento e elementos de rede na nuvem.

Do mesmo modo, ajuda a gerenciar recursos, monitorar a segurança e atender aos padrões de conformidade em uma interface simples de usar.

Por fim, quando combinado com o Intercept X Advanced for Server, fornece proteção aprimorada para suas cargas de trabalho em nuvem e gerenciamento de agente de segurança mais eficiente.

Sophos PhishThreat

Ideal para educar e testar seus usuários finais, por meio de simulações automatizadas de ataques, treinamento de conscientização de segurança de qualidade e métricas de relatórios acionáveis.

O software simula centenas de ataques de phishing de forma realista, para entender como evitar e responder o problema. Tudo isso, com analistas globais, que monitoram e-mails, URLs e arquivos, e modelo de simulação, com cobertura de vários cenários, do iniciante ao especialista, e tradução em nove idiomas.

SOC 24×7 Strati

Solução que oferece atuação 24×7 para atender os clientes com proatividade e prontidão, garantindo mais segurança para a sua infraestrutura de TI.

Sophos XGS

A série XGS oferece desempenho Xstream em todos os níveis de preço, para potencializar a proteção que você precisa para as redes diversificadas, distribuídas e criptografadas de hoje.

Além disso, proporciona conectividade de alta velocidade e excelente desempenho em cargas de trabalhos exigentes, processador duplo, generoso provisionamento de memória e armazenamento de estado sólido de alta performance.

DRaaS

Por fim, queremos apresentar o DRaaS (Disaster Recovery as a Service), a solução em nuvem que garante recuperação de desastres eficiente, com arquiteturas de solução customizadas para todas as necessidades, planos de recuperação de desastres com custos otimizados e flexibilidade e escalabilidade dos serviços oferecidos.

Gostou do nosso texto?

Então, envie para outras pessoas que possam se interessar pelo assunto!

Além disso, se quiser saber mais sobre o tema, fique de olho no blog da Strati para conferir nossas novidades!

Gostaria de ler mais?