fbpx

O que falta para garantir segurança da informação na empresa em que você atua?

Proteja-os-dados-de-sua-empresa

Essencial para as empresas, a segurança da informação deve ser prioridade, quando se trata de gestão de negócios. Por isso, esse é um tema cada vez mais comum, em especial, na área de TI.

O cuidado sobre os ataques cibernéticos, no entanto, virou uma urgência. Isso porque, eles estão cada vez mais frequentes e colocam em risco toda a rede das empresas.

Assim, qualquer erro pode resultar em invasão, roubo ou sequestro de dados. E, com isso, um prejuízo enorme para a empresa.

Por isso, trouxemos hoje essa matéria, com tudo o que você precisa saber sobre segurança da informação, e como construir essa estrutura em sua empresa. Boa leitura!

O que é segurança da informação?

A fim de cuidar do gerenciamento e armazenamento de dados, as áreas de TI das empresas optam por diversas tecnologias. Isso porque, essas bases devem ser confidenciais e, por isso, devem seguir protocolos políticos de segurança.

Ou seja, a proteção da informação é, em suma, a junção de vários processos, sistemas, recursos, habilidades e métodos que, juntos, são capazes de proteger todos os dados de rede, de modo geral.

Segurança da informação é o mesmo que cibersegurança? 

A resposta é não!

Apesar de serem muito confundidos, a cibersegurança, também chamada de segurança cibernética, trata dos dados que chegam na empresa, por fontes externas, via protocolos da internet.

Pode-se afirmar, então, que na forma técnica de lidar, a segurança da informação e a cibersegurança, são olhadas de formas diferentes.

Ainda assim, o único aspecto em comum entre os dois termos é sobre a proteção das informações e dados, contra roubos. Afirmamos, portanto, que a segurança da informação está presente em todo o sistema de cibersegurança.

Então, evita-se a invasão e os ataques cibernéticos, sequestro ou perda dos dados, protegem-se dados virtuais, definem-se as regras de gestão de informações, controlam-se acessos e comportamentos dos usuários dos dados, identifica-se e corrige-se as vulnerabilidades dos sistemas.

Todas as empresas precisam desses sistemas de segurança?

Antes de tratar sobre esse ponto, é crucial entender que nenhuma empresa está apta a proteger-se 100%, das ameaças à segurança da informação.

Isso porque, a atualização constante dos softwares e a dos hardwares impedem que tudo esteja blindado de maneira devida.

Portanto, sim! Todas as empresas, em especial, as pequenas e as médias, devem se proteger contra invasões. Mesmo porque, elas são os alvos centrais de cibercriminosos.

As pequenas e médias empresas possuem sistemas mais simples de proteção, portanto, maior desproteção dos seus servidores.

Como realizar a manutenção da segurança da informação nas empresas?

Agora que sabemos que a segurança da informação é sobre a proteção de todos os dados e informações do negócio, vamos falar sobre cada um dos pontos a serem monitorados. Continue a leitura e confira:

Garanta-a-cultura-da-segurança-da-informação

Os computadores

A princípio, essas máquinas são o ponto alto da atenção. Isso porque, são elas que devem receber o máximo cuidado, sobre o controle dos dados e acessos à rede.

Proteger os computadores das ameaças é garantir que todas as informações criadas, arquivadas e modificadas estejam seguras. Para tanto, é fundamental o uso de softwares e hardwares próprios.

Os softwares

Ideais para manter as informações seguras, os softwares de segurança atuam como antivírus, antimalware, antispyware, antiransomware, firewall e proxy.

Com eles, portanto, você tem ferramentas e filtros de conteúdos que identificam possíveis ameaças de forma automática.

Esses softwares, bloqueiam a ação de possíveis invasores e mitigam os riscos de ataques.

Os hardwares

Você já deve ter ouvido falar sobre o firewall, para a proteção da empresa. Esse, que também pode ser encontrado como software, é o hardware mais famoso da área corporativa.

Porém, a principal diferença entre o firewall em hardware, perante o software, é que nessa versão, ele garante um processamento muito superior. Com isso, obtém-se a melhor gestão dos sistemas.

Os colaboradores

Os ativos mais importantes de toda essa questão, são os colaboradores. Isso porque, eles podem ser grandes aliados na proteção dos dados.

Informar e aplicar uma cultura de segurança da informação junto aos colaboradores, no entanto, é garantir que eles estejam atentos e evitem falhas. Com isso, reduz-se a possibilidade de invasão.

Ainda assim, é importante contar com uma equipe especialista, para a manutenção da segurança da informação dentro da sua empresa. Esta, por sua vez, pode ser formada por colaboradores internos ou, por uma empresa parceira.

Penalidades por vazamento de informações de dados

Estão cada vez mais comuns, as notícias sobre o vazamento de informações e dados. Sendo esse, um problema que vem crescendo muito nas empresas.

Um resultado muito conhecido, é quando as informações confidenciais das empresas se tornam públicas, a partir de invasões. Mas, esse não é o único meio de se ter os dados expostos.

Um problema muito comum, é o vazamento de dados acidental. Sim, isso é o que acontece na grande maioria das vezes e pode ser um problema ainda mais agressivo. Mesmo porque, não se possui a ciência e a rápida ação sobre o problema.

De todo modo, perder informações representa um grande prejuízo para as empresas, seja de forma direta ou indireta. Mostrar-se vulnerável, afeta a sua credibilidade e imagem perante clientes, parceiros e concorrentes.

banner-manual-de-boas-praticas

A importância da segurança da informação digital

Ao pensar em expansão, sem investir na segurança da empresa, os empresários cometem a primeira e grande falha, sobre a segurança da informação digital.

Esse é apenas um exemplo de momento em que a segurança da informação é deixada em segundo plano. E assim, abre-se espaço para os ataques cibernéticos.

Ter os dados vazados, sequestrados ou vendidos, pode causar às empresas, o extravio de capital, por exemplo. Além disso, imagine um cliente seu descobrindo que teve seus dados invadidos porque sua empresa não cumpriu com as políticas básicas de proteção.

Não há outro meio possível, senão um bom planejamento, implementação, monitoramento e controle de procedimentos de proteção de ativos da sua empresa. Reforce a segurança de sua rede, com procedimentos rigorosos de proteção de dados.

Para te ajudar, nós temos o Cyber Manager, um curso grátis sobre segurança da informação para executivos, criado pela Strati. Com ele, líderes e gestores garantem mais resiliência cibernética para a área de TI. Acesse e aprenda agora mesmo, é online!

Continue em nosso blog, e saiba mais sobre segurança da informação e soluções para deixar sua rede ainda mais protegida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *